sábado, 24 de janeiro de 2015

DESTINO




























                      
                    
                               

Entre pedras vestidas de verde
morrerei de cantar,
como as cigarras.







11 comentários:

AC disse...

Um destino invejável!
(Quanta beleza, Sónia!)

Um beijo :)

Noke disse...

Schönes Bild vom Wasserfall.

Gruß
Noke

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Morrer assim,
é se transformar
em esperança.
Esperanças nunca morrem...

Que ainda haja estrelas em seu coração,
é o que deseja minha vida para a tua.

Claudia Almeida disse...

Poema vestido de verde, linda foto!

Bjs

Graça Pereira disse...

Que bom morrer a cantar...
Beijo
Graça

Elisa T. Campos disse...

Estava com muita saudade do seu cantinho
Foi muito bom. Amei demais.
Beijos.

MotherloD disse...

como tão poucas palavras falam tanto? Não tenho este dom, falo demais...

Tais Luso disse...

É verdade, morrer cantando é algo inédito e entre cigarras... Talvez a morte seja mais leve, muito mais. É o que eu gostaria pra mim.
Beijo!

Pedro Luso disse...

Olá, Sonia!
Depois de algum tempo, deparo-me com esta bela foto e com inspirado poema.
Abraços.

Ivga Stark disse...

Don't lose your opportunity to get a great mark. Check 1ws

essayservice disse...

If you don't know from what to start, ask a first class writers from essayservice.info. They can make a perfect term paper.