terça-feira, 15 de outubro de 2013

PRENÚNCIO



 Pálido pássaro pousado
na tênue luz da manhã.



 


 

9 comentários:

Tania regina Contreiras disse...


Todos os pássaros hoje são poetas em voo.

Beijos,

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela fotografia...Belas palavras...Espectacular....
Cumprimentos

João Menéres disse...

Subscrevo por inteiro as palavras do
FERNANDO SANTOS ( CHANA ) !

AC disse...

Ou
Destemido pássaro aguardando
o crescer da luz da manhã.

Saber aguardar é uma arte, as vidas multiplicam-se até ao ocaso.

Beijo :)

Elisa T. Campos disse...

Um instante zen?

Lindo D+++, Sônia.

bjs.

Aníbal Raposo disse...

Olá Sônia.
Linda a foto e as palavras.

Aníbal Raposo disse...

Olá Sônia.
Linda a foto e as palavras.

Thuan Carvalho disse...

ousou pousar.

:.tossan© disse...

Ele espera. Ele sabe que você vai fixar a sua aura. Beijo