sábado, 6 de abril de 2013

EFÊMERO



























Efêmero

Por um breve instante,
a libélula pousa
na haste de capim sobre o lago.
Tudo passa.


































10 comentários:

:.tossan© disse...

Energia é assim colorida, corre depressa e podemos ou não aproveita-las. Lindas fotos! Beijo

Primeira Pessoa disse...

será que é o mesmo?
quando menino, chamava essas engenhosas criaduras de lava-bunda e helicoptero...rs

lindas fotos.

beijão,
r.

Elisa T. Campos disse...

Efêmero, mas você a eternizou maravilhosamente.

bjs

© Piedade Araújo Sol disse...

pode ser efémero, mas ficou para a posteridade com as tuas fotos.

muito boas.

boa semana.

beijo

Marina Linhares disse...

Passa mesmo. A foto diz tudo...
Grande post! Lugar certo na hora exata e com uma câmera na mão. Perfeito.
Bjs.

Mariseven Zanon disse...

É a lei da natureza... Gostei!
Beijos!

Mariseven Zanon disse...

Esqueci de dizer, linquei seu blog no meu, ok? Se não te agradares é só me puxar a orelha que vou lá tirar.rss

Marcos Campos disse...

A terrível caçadora, foi caçada.
É a vida !
Bjo !

Graça Pereira disse...

As asas...deram-lhe a ilusão de imortalidade!!
Texto e imagens maravilhosas.
Beijo e bom fim de semana.
Graça

mar de dansas disse...

Lindo, Sonia. Tenho lido e gostado cada dia mais de ler você. A sua libélula parece com o meu Louva-Deus
http://mardedansas.blogspot.com.br/2012/04/um-louva-deus.html
um beijo
Marilvia