sábado, 20 de outubro de 2012

O ROSTO DA MORTE




























O rosto da morte


As vozes calam na noite.
Todos os caminhos silenciam.
A casa vestiu o rosto da morte.

Está seco o poço onde lavamos
nossos olhos.

Apenas a morte conhece o que somos.






quarta-feira, 17 de outubro de 2012

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A BELEZA DAS BORBOLETAS




























                                    A borboleta é uma lagarta que se vestiu de princesa.







domingo, 7 de outubro de 2012