domingo, 30 de setembro de 2012

terça-feira, 25 de setembro de 2012

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

BORBOLETAS NEGRAS































BORBOLETAS NEGRAS


Olhos que me contemplam
como borboletas negras

nascidos da dor
e temperados
com o sal do desespero

são facas afiadas
cravadas no coração da noite.




domingo, 2 de setembro de 2012

POENTES




















































                                                   O sol é um poema que sangra.