terça-feira, 12 de junho de 2012

LAREIRA




LAREIRA


As taças vazias sobre a mesa
A lenha ardendo na lareira
Não dizemos nada
Apenas contemplamos.

O amor é feito de silêncio.





14 comentários:

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Vivendo em terra de muito Sol, meu cenário é outro mas, em se tratando de momentos a dois, no amor, contempla-se no silêncio, do qual ele é feito.
Adorei, esta cena tão poética, Sônia.

Um beijo,
da Lúcia

Ana Martins disse...

Lindíssimo, Sônia,
"...o amor é feito de silêncio."

Beijinho,
Ana Martins

Marina Linhares disse...

Aplausos minha amiga!!!
Poucas palavras e um conteúdo de tirar o fôlego.
Imagem vs Texto: 10.
Bjs.

Marina Linhares disse...

E.T.: Amei a foto da página. Tudo a ver.

Luiza Maciel Nogueira disse...

tão bom!!

beijos e bons encontros

Bípede Falante disse...

Sublime!
Eis o amor em palavras.
Parabéns, Sônia :)

Antonio Carlos disse...

Silêncios que dizem tudo, bela fotografia e poesia. Abs

Mar Arável disse...

... e alguns gestos

vagarosos

Graça Pereira disse...

O fogo aquece o amor...
Beijo
Graça

Maria João Mendes disse...

O silêncio que fala nos olhos,

belo.

beijo

O Profeta disse...

Chove copiosamente na ilha
Chora este céu carregado de bruma
O mar é negro como algumas verdades
É de mentira, todas as lágrimas soltas na espuma

Vi uma buganvília triste
Um homem a grunhir como animal
Uma mulher perdida a beber caída
Vi no horizonte da rua um erro fatal…

…E vi o mal
Construir um castelo de cartas desbotadas
Uma Flausina de sorriso falso
Que abre o corpo numa brincadeira de “às apanhadas”

Mágico beijo

:.tossan® disse...

Pra que falar se posso sentir a beleza da foto e do texto?! Beijo

Elisa T. Campos disse...

Sônia

Talentosa poetisa.
Disse tudo.

Uma linda semana para você.
Bjs

TaTa disse...

Disse a pouco, em outra contemplação de palavras bonitas:
O silêncio é feito de muito, muito, muito barulho.
Mas as vezes eu prefiro não ouvi-los.