sábado, 10 de março de 2012

POÉTICA































POÉTICA


Estavam sujas todas as palavras.

Levei-as ao fogo
para que se purificassem.

Agora, secas e torcidas,
elas se quebram em minhas mãos.







Um comentário:

Elisa T. Campos disse...

Magistral a sua poética
Coa(Duna) com a paisagem.

Ufa, Sônia
Não estava conseguindo comentar.

Um lindo final de semana.
Bj