sexta-feira, 2 de setembro de 2011

A CASA




                                          A velha casa dorme
                                          e permanece no tempo.



19 comentários:

Elisa T. Campos disse...

Sônia
Como sempre as suas postagens nos faz voltar aos tempos que eram mais serenos.
E, quantas destas casas tem por este
mundo resistindo para relembrar o que
vivemos.
Amei

Beijos

Luciana Marinho disse...

muito delicado, sônia.
poucas palavras nos abrindo um mundo..
linda fotografia.

um abraço!

Wilson Torres Nanini disse...

Sônia,

o tempo é afluente do nosso medo de perecermos.

Quanta casa assim me habita!

Abraços, poetaça das poucas palavras!!!

C@uros@ disse...

A casa é a nossa história, querida Sônia,
Um belo dia, um sol maravilhoso,
que a paz e a harmonia prevaleça em seus dias.


forte abraço
c@urosa

Moacir Costa (mtb 0010487/PR) disse...

Achei aqui por causa do Blog do Tossan, vou agradecer a ele... Tive assim a oportunidade de descobrir um Blog com fotos maravilhosas e muito bom de ler.
Lógico que passo a seguir-te.
Linda essa foto da casa, ótimo P&B!

Abraços.

Unknown disse...

Lindo, Sônia!

Não sei porque acho tão triste uma casa junto às agruras do tempo.
Deve ser porque sou boba.

Beijos

Mirze

Lua Nova disse...

Ás vezes me sinto como uma casa abandonada cujas janelas jamais são abertas. Me pego ansiando por passos e risadas que invadam o meu vazio e ponham a correr os pensamentos tristes...
Teu post sensível me fez pensar...
Beijokas.

dade amorim disse...

Casas exercem um fascínio sobre mim, desde que me conheço por gente. Esta é especialmente eloquente em seu sono antigo, em sua permanência.
Belo post, Sônia.

Jota Brasil disse...

A poesia dorme
E permanece no tempo...

Sua escrita é simplesmente
S E N S A C I O N A L !!!!!

Unknown disse...

Velha, mas de pé!

Beijinho,
Ana Martins

BC disse...

Tão simples, tão belo essa eternidade no tempo dentro de nós!!!

Anônimo disse...

Visitem o Portal de Noticias de Maturéia PB | www.Matureia1.com |

Bazófias e Discrepâncias de um certo diverso disse...

Graças a Deus, o mundo ainda é anacrônico e podemos conviver com casas que dormem no tempo. Linda foto!!! :D

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente....
Cumprimentos

:.tossan® disse...

Ainda bem...Deveria ser tombada. Linda p&b! Bj

Anônimo disse...

lindo demais.

Mar Arável disse...

Uma jovem

com experiência

Fernando Campanella disse...

Uma foto de tirar o fôlego, um poema brilhante.

há palavra disse...

O tempo habita a casa, a casa habita o tempo, o poema habita ambos...

Abraços!