quarta-feira, 6 de julho de 2011

NOTURNO

       
                    NOTURNO
           
As casas sonham.
A cidade dorme.

Eu e meu cão vagamos pela noite.

Ele bebe as estrelas refletidas
na água que a chuva deixou pelas calçadas.

A lua e o silêncio me alimentam.

É minha a noite.
A minha alma canta.



19 comentários:

Maciel disse...

Nossa Sônia belo visual nada melhor que começar com uma postagem incrível
muito bom mesmo. =D

JasonJr. disse...

"...Ele bebe as estrelas refletidas
na água que a chuva deixou pelas calçadas..."
:D :D :D

MIRZE disse...

Sônia! Que maravilha!

Sua alma sempre cantará, porque você nos encanta sempre.

Beijos

Mirze

Bazófias e Discrepâncias de um certo diverso disse...

Que delícia de palavras e de noite! É muito bom vagar pela madrugada... sempre silenciosa e misteriosa.
Sônia, topo o encontro! como podemos fazer? ficaria mto feliz em recebê-la (recebê-los) em casa. Será um excelente café filosófico! rs. abraço!

SIMONE PRADO disse...

SINGELO E LINDO. Parabéns! Venha fazer-me uma visita, se gostar, fica. Bjos

Elisa T. Campos disse...

E a lua espia sorrateira
a moça e seu cão caminhando
no poema do silêncio.

bjs

Bazófias e Discrepâncias de um certo diverso disse...

Ótimo! Podemos marcar sim! Finais de semana, de preferência, né? Nunca fui na livraria Nobel, é aquela perto do shopping? Tomar café na livraria é bom, vc sai com um café e uma dezena de livros a mais pra levar pra casa! rs.

SIMONE PRADO disse...

Obrigada por sua visita, seu cantinho é lindo. Volte sempre. bjos.

pacatatu disse...

Lindo, lindo - imagem e palavras!

Marcos Campos disse...

Oi Sonia !!
Lindo quando vc diz que seu cão bebe as estrelas refletidas na água que a chuva deixou pelas calçadas...lindo !!
Adorei o canário da Terra , cabeçalho !!
Beijo e bom fim de semana !!

Vaílent'ne disse...

Como o seu blog é bom! Ele tem um ótimo conteúdo!
bjusssssssssss

vailentne.blogspot.com

Mahon disse...

Ooh !! Wonderful ! I like this :))

Bye**

Bazófias e Discrepâncias de um certo diverso disse...

Sonia, meu email pessoal é brunochair@yahoo.com.br ... aí a gente acerta um dia bacana por lá! :) abraços

Fred Caju disse...

No sono da cidade, quem sonha é quem está acordado.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Sônia, gostei muito da bela fotografia e do poema...Excelente post....
Cumprimentos

Antonio Carlos disse...

a noite nos acalma, é silencio, é lua. Muito bonitas suas plavras e a foto. abraços

tossan® disse...

Belíssimo noturno tanto na foto quanto no poema, eles se completam.
Você é uma poesia. Beijo

Fernando Campanella disse...

É bom poder cantar assim a noite, em nossa solidão povoada. Belo poema, Sonia, e tuas fotos de aves aqui estão maravilhosas, assim como os poemínimos que em uma frase expressam um universos de impressões. Abraços.

Daniel Casares Román disse...

wowww... GENIAL!! enhorabuena!!