quinta-feira, 10 de março de 2011

Dor




                                

                DOR


Mataram as minhas borboletas azuis.




6 comentários:

Luiza Maciel Nogueira disse...

como? que assassinato inesperado :(

beijos

R.B.Côvo disse...

Isso não se faz! Abraço.

dade amorim disse...

Uma dor e tanto, Sônia. Mas outras hão de voar para você.
Beijo.

O que Cintila em Mim disse...

Nem só de borboletas azuis vive o homem. Vamos resgatar as de outras cores.

Claudia Almeida disse...

Tenho um lagato pra ti poeta, aceita?


Ps: não consigo acessar o blog do maridão.

Feliz Dia da Poesia

Beijos procês!!

O que Cintila em Mim disse...

O MEU BLOG É O...
www.oquecintilaemmim.blogspot.com

Vai lá borboletar comigo.