domingo, 6 de fevereiro de 2011

Penumbra



Um gato triste
Senta-se à sombra
Do meu silêncio.



12 comentários:

Guará Matos disse...

Um gato triste deseja uma gata feliz.
Bjs.

Hilton Valeriano disse...

A postura atemporal do felinos (e de algumas felinas) assombra toda a transitoriedade ao nosso redor...

Mirze Souza disse...

Sônia!

Teu silêncio é o abrigo e aconchego dele.

Belíssimo!

Beijos

Mirze

RITA DE CÁSSIA disse...

ai querida Sônia, outro precioso pensamento teu...
e concordo com o Guará.
bjocas

Tania regina Contreiras disse...

São companheiros e traduzem o silêncio muito bem, os gatos.
Beijos,

Edson Bueno de Camargo disse...

Gatos sorrateiros feito um poema!

Luiza Maciel Nogueira disse...

lindo o gato e o haicai, por vezes os animais nos transmitem emoções

beijos

Lara Amaral disse...

Óim... que lindo!

Beijo.

Antonio Carlos disse...

Pode até estar triste, mas este olhar azul fascina, o silêncio da solidão de dois. Beijo, Sônia! =)

Claudia Almeida disse...

Alimente o poema e o gato sorrirá,bjs.

Luiza Maciel Nogueira disse...

ei você ganhou um selo do versosdeluz, vá lá ver!!

Mara faturi disse...

Amo os felinos!!! eles são donos dos mais belos silêncios;)
Bjos ^^~