segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Aconchego



                                                        
 A tarde se veste de silêncio.
O sol sangra o azul do céu.
Sob as asas do pássaro, o dia se recolhe.


21 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente post....
Cumprimentos

Victor Gil disse...

Querida amiga Sónia.
Ui!!! Linda imagem e lindas palavras.
Beijos amiga.
Victor Gil

Luiza Maciel Nogueira disse...

imagem e poema em sintonia, coisa linda!!

Mar Arável disse...

Todos os voos

são improváveis

tossan® disse...

Você fala com as imagens, respira poesia e percebo tudo. Gostaria de tomar um expresso com você. Eu pago o primeiro...Tá bom o segundo também. Tem um licor de caféque é uma delicia. Beijo

Lara Amaral disse...

Amo seus versos e suas fotos, sempre!

Beijo.

Mirze Souza disse...

Sônia!

Perfeita sintonia !

Beijos

Mirze

Marcos Campos disse...

A gente lê, a gente sente !
Beijo!

ElmaCarneiro disse...

Adorei a imagem e os versos, como sempre.
Bjooo

RITA DE CÁSSIA disse...

MINHA QUERIDA É IMPOSSÍVEL NÃO TER O OLHAR DE HIPERTEXTO CONTIGO!
EXCELENTE!!!
BJOS MEU ANJO
APAREÇA NOS BREJOS

Multiolhares disse...

que belíssimo momento tu captaste
beijos

Antonio Carlos disse...

Maravilhoso, imagem e palavras, quero também me recolher sob as asas dos pássaros! Beijo, Sônia! =)

Marcantonio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcantonio disse...

Um pássaro de azul-profundo estrelado.

Beijo.

Ah, belíssima imagem! Como se um céu de Turner (do Temeraire) ganhasse tons mais profundos.

Bhavesh Chhatbar disse...

Wo! What a beautiful photo!!

Graça Graúna disse...

Minha querida Sonia Brandão: começo o dia à luz do seu haikai belíssimo. Paz e bem. Grauna

Lou Vilela disse...

Belo e delicado! É sempre um prazer receber tua visita. Obrigada!

Beijos

Graça Pereira disse...

O sol sangra o azul do céu... uma alegoria lindissima, como o pôr do sol desta imagem!
Beijo
Graça

Jair Gabardo. disse...

Então quando se vê já é fim de dia.

Abraço,
Jair Gabardo.
www.paraquefiquem.blogspot.com

Sebastiano Landro disse...

felicitaciones por el post y un saludo

Luciana Marinho disse...

tão linda imagem em intensidade, contraste, luz e ardência. sob esse céu, o coração humano é acolhido. bela conjunção de poesias verbo-visuais.

abraço!!