quarta-feira, 16 de junho de 2010

Acaso



___________

Clique na foto.

9 comentários:

dade amorim disse...

É sempre um prazer encontrar você e o lirismo que expressa aqui, Sônia.

Beijo pra você.

Lara Amaral disse...

Essa borboleta, por si, já fez poema de tantas cores e luzes.

Beijos.

Nydia Bonetti disse...

e trouxe a flor
nas asas
e cor ao poema

belo, sônia... beijo.

Graça Pereira disse...

A borboleta...era um verso que foi apenas completar o poema.
Beijo
Graça

Aníbal Raposo disse...

OLá Sônia,

Simples, bonito e eficaz.

Tenho uma música para você ouvir no meu blog.

Beijos

Mar Arável disse...

Linda menina

Fernando Campanella disse...

Lindo desprender-se, transformar-se, a flor do poema tão atraente e sublimada. Linda foto, não menos o poema, foto/poema da melhor qualidade. Grande abraço, Sonia.

Quintana é para sempre disse...

Lindo!!!!
Bjs.
Estela

Daniele S.F disse...

Maravilhoso,
Que criatividade e beleza!
parabéns

Saudações Literárias