segunda-feira, 10 de maio de 2010

Madrugada



Clique na foto.

_______

12 comentários:

David Phandora disse...

OI SÔNIA, FICO PRESO AS TUAS POSTAGEM, POIS ELAS FAZ-ME REFLETIR O QUANTO HÁ DE GOSTOSO NESTA VIDA, E QUE NEM TUDO ESTÁ PERDIDO, CONTINUA A FAZER ISTO, POIS TU FAZ É BEM E BOM!

Lara Amaral disse...

Hum, interessante, não havia pensado nisso, rs.

Adorei, Sônia!

Beijo.

Claudia Almeida disse...

Olá Sônia, é o esplendor da madrugada, suas sínteses são perfeitas, quanto glamour nessa
photo,parabéns!!

Allyne Araújo disse...

as vezes é so querer curti-la de verdade... lindo o seu post! beijao!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Sônia, belo post...Espectacular....
Beijos

Ana Martins disse...

Perfeito Sónia!

Beijinhos,
Ana Martins

pablorochapoesias.com disse...

Ele fa-se somente do querer!! Muito bom!!

Beijos!

Graça Pereira disse...

Quando temos poesia dentro de nós...depressa a encontramos nas coisas....Perfeito!
Beijocas
Graça

C@urosa disse...

Querida amiga Sônia Brandão, para mim ele é o rei da madrugada, sem ele a manhã não começa...depois vem o cafézinho forte da vovó...depois o bolo de fubá... depois o trabalho na roça... depois... depois...

forte abraço

C@urosa

Tais Luso disse...

Sempre achei muito curioso, e até um certo mistério o cantar do galo sempre na mesma hora... Acho lindo, porém gostaria de matar esta curiosidade.

Beijosss
Tais Luso

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Sóniamiga

Conheci-te através do Porto das Crónicas da nossa Tais e, claro, do Veredas do Pedrõ. Vim ao teu blogue e gostei. Convido-te, por isso, a visitar a Minha Travessa e seres seguidora dela, o que desde já te agradeço.

Eu sou mais prosa, como poderás ver, mas também gosto de poesia. Por isso, muitos parabéns pelo teu galo. Por cá, temos o galo de Barcelos com uma curiosa lenda. Mas, é de barro polícromo, ou de outros materiais...

Desculpa a chatice que te possa causar este ‘tuga desavergonhado e escrevinhador. Também ando pelo Facebook, o que quer dizer que estou aposentado, mas vivo. E tão bem disposto quanto seja possível…

Qjs = queijinhos = beijinhos

BAR DO BARDO disse...

E nem todos os insetos são pardos - o pirilampo, por exemplo...