domingo, 27 de setembro de 2009

O silêncio de Deus


Capa de O Silêncio de Deus, de J. C. M. Brandão


A MOEDA DO SILÊNCIO

Nas mãos cinzas da névoa
a moeda do silêncio.
Os pássaros petrificados
nas árvores secas.

Os sapatos à beira da estrada
à espera dos pés de ninguém.
Uma fina lâmina de vidro
quebra-se.

Deus de areia, noite escura
de Deus.
Uma lâmpada sem óleo,

a luz negra,
a chave enferrujada
e a pátina no chão do deserto.

JCMBrandão, O Silêncio de Deus, 2009.

_______________________________


O Silêncio de Deus está sendo lançado pela internet, com impressão sob demanda, um tipo de edição que chegou ao Brasil somente este ano.

Quem quiser adquirir um exemplar, basta fazer o pedido que o seu livro será impresso em São Paulo e, dentro de 5 a 10 dias, o receberá pelo correio.

O grande problema da poesia é a falta de divulgação. Com este método, os livros serão bem divulgados em blogs e sites.

Quem estiver interessado em conhecer mais, acesse o blog

www.poesiacronica.blogspot.com

ou vá direto a

http://clubedeautores.com.br/book/5402--O_silencio_de_Deus .

_________________________

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Iluminação




Sentada na terra
tenho o coração pequeno.

O grande frio da noite
quer descer sobre mim.

Mas num repente
o céu se ilumina.

Brilha uma estrela,
tudo se transforma.

Suavemente
abre-se a flor

do meu coração.

____________

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

domingo, 6 de setembro de 2009

quarta-feira, 2 de setembro de 2009