segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Dança




As botas do morto
dançam nas salas
da minha loucura.

_____________

15 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, bela fotografia...belo texto...Espectacular....
Beijos

Wilson Torres Nanini disse...

Um poema com o corte preciso, a roupagem exata do que fala. Poesia absoluta!

Cris Animal disse...

Querida Sônia, por alguns motivos temporariamente fechei o meu blog RASCUNHOS e junto com o Franscisco abrimos um outro. Não vamos de forma alguma fazxer propaganda(!!!), muito pelo contrário, mas alguns amigos gostaríamos imensamente que estivessem conosco.Adoraria recebê-la por lá. Motivos? Todos. Um deles? Sua sensibilidade e a admiração que tenho por vc.
Com todo carinho. Um beijo enorme
Cris Animal

O Profeta disse...

Parei na viagem de rumo e estrelas
Sentei-me à beira de uma lagoa sussurrante
Um Milhafre fitou-me zombeteiro
Hesitei na procura do adiante

Na ilha há sempre uma criatura em vigília
Há sempre um feiticeiro vento
Há sempre uma flor que a alma seduz
Há sempre no acontece um mágico momento




Doce beijo

Ana Martins disse...

Fantástico Sónia... Tive aqui um momento único!

Beijinhos,
Ana Martins

Anita "Menina-Flor" disse...

Gostei muito da foto, e as palavras gritam no ar.

Bjs.

Fernando Campanella disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando Campanella disse...

Parafraseando Drummond, os mortos são um retrato na parede, mas como encanto, ou doem... mas há os nossos mortos-vivos também, nossas imagens do que foi, e ainda é. Poema forte, Sonia, a foto também. Muito bom. Grande abraço, minha amiga.

Fernando Campanella disse...

Houve um erro no comentário anterior, eu quis dizer, 'como encantam, ou doem'. Grande abraço.

Cris Animal disse...

Voltei npara ler, absorver...aprender e sempre que estou aqui volto no tempo, viajao no futuro, enxergo imagens que estavam perdidas em mim.
Seria consequência de uma história e vida a dois? Vc e José, sempre me remetem a um passado que eu amo e que me fez ser quem sou hoje. Muita coisa do que escrevem me trás essas doces e amadas lembranças!

Uma bota que dança....rs

ÔOOOOOOOOOOOOO alma linda !

Tenham um feriado abençoado.
beijo grande e carinhoso!

BC disse...

De facto Sónia que foto espectacular, com poucas palavras que dizem sempre muito e soam bem aos nossos ouvidos,
Beijo
Isabel

Marcos Campos disse...

Oi Sonia!
Passei pra ler as coisas belas que vc escreve, gosto daqui!
Beijos!

Angela Ladeiro disse...

Passei por cá e ainda bem...LINDO!

Claudia Almeida disse...

Ótima passagem, photo excelente!Bjs

Gisele Freire disse...

Sônia
Que prazer conhecer teu blog!
Tuas fotos são ótimas e tuas palavras também!
bjs e voltarei!
Gi