quinta-feira, 16 de julho de 2009

Cristal



MEMÓRIA

No coração da árvore
a memória do rio.


RÉQUIEM

Arranquem meus olhos.
A flor está morta.


RETRATO

Invento o que existe.
Sou poeta.


O PÁSSARO IMPOSSÍVEL

Cortaram-me as asas e a garganta.
Nada esperem de mim.
Sou um pássaro impossível.


CREPÚSCULO

No alto do eucalipto
o pássaro bebe a tarde.


RECATO

Fechem os olhos dos lírios.
Não deixem que me vejam nua.


ORIGEM

Eu não nasci,
vim do mar.


ABSOLUTO

Uma agulha cerzindo o universo.

__________________

Fiz uma pequena antologia de meus poemas mais curtos.

17 comentários:

Nydia Bonetti disse...

Sônia
Estes cristais, são o que chamo de poesia plena. Réquiem e Recato são meus preferidos. Todos lindíssimos. Vou dormir mais feliz hoje...
beijos

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

Elma Carneiro disse...

Belissimos versos, gosto muito da sua linguagem.
Gosto não: AMO.
Beijos

Gaspar de Jesus disse...

SÔNIA minha amiga Poeta, obrigado por esta Antologia, ela pode ser pequena, mas as suas palavras são enormes como arranha-céus.
Fico sobremaneira mais rico sempre que a visito.
Tocou-me especialmente o tema: Memória ( estou muito entusiasmado a escrever as minhas memórias da guerra de Angola.
E Réquiem, pois vivi à poucos dias o Drama de Sofia.
Parabéns
Obrigado pela visita.
Beijinhos.
G.J.

Diz disse...

Lindos seus poemas. Vc é uma bela poeta. Parabéns!
Eu gosto de fazer contos curtos.
Bj Elianne- Laura(no virtual)

Pedro Luso de Carvalho disse...

Sônia,

Escolheste poemas pujantes para esta Antologia de Poemas Curtos, e gostei de todos, mas, para "representá-los", neste comentário, peço licença para transcrever este:


"MEMÓRIA

No coração da árvore
a memória do rio."

Abraços,
Pedro

Ana Martins disse...

E que bem que ficou!!!!!!!

Beijinhos,
Ana Martins

AFRICA EM POESIA disse...

Sónia


Vim desejar bom fim de semana
++++++++++

Sol bonito


Sol
Muito sol…
Calor
Muito calor…
E tranquilamente
Com passos curtos
Muito curtos…
Avanço devagarinho
E entro na água
Água do mar…

Mar quente e belo
Mar que atira…

Com fúria
A água
Para o meu corpo…

E dentro da água
Sinto o bater das ondas
E tranquilamente…

Deixo-me acarinhar
E deixo-me embalar
Pela suavidade
Do mar…

Lili laranjo

Sonia Schmorantz disse...

Linda imagem, lindo texto!
beijos, ótimo final de semana

Gaspar de Jesus disse...

Olá SÔNIA
Passei para lhe desejar um bom domingo e agradecer a amável visita.
Bjs
G.J.

©tossan disse...

Invento o que existe.
Sou poeta
Paro o que vejo.
Sou fotógrafa
Beijo

FaBiaNa GuaRaNHo disse...

Oi Sônia, recebi a dica de uma amiga que os navegadores que estão desatualizados não abrem os blogs direito.
Ela falou que eu deveria entrar neste site http://updateyourbrowser.net/# e colocar a barra da campanha no blog.
VÊ se dá certo,OK.
bjinhos

CarlaSofia disse...

Lindo cristal de vários tons.

AC Rangel disse...

Nem tudo está perdido para mim. Vc ainda há de topar comigo...
Beijo

dade amorim disse...

São lindos os poemas, Sônia. Todos eles. Mas como a gente sempre se identifica mais com um ou outro, esses para mim seriam Recato e Crepúsculo. Fico feliz de ver tua poesia.
Beijo pra você.

BC disse...

E ficou linda, sem dúvida.
Acho que é mais complicado escrever pouco do que muito.
Dizer muito em poucas palavras não é fácil e por vezes é maravilhoso de ler.
Beijo

AC Rangel disse...

Sônia, muito bonito o poder da poesia. Frases com poder de sedução e encantamento que muitos não conseguem traduzir em dezenas de livros publicados. A poesia é vida.
Parabéns e um grande beijo.