segunda-feira, 9 de março de 2009

Ouvindo a canção




Na estrada da morte
meninos de pedra
quebram seus sonhos.


(Foto da internet)

11 comentários:

€ster disse...

Olá amiga!

Que triste realidade essa das nossas crianças,

como educadora, doe-me o coração constatar situação tão caótica!

Judiar de adulto é insustentável, mas
atentar contra seres pequeninos que não sabem e nem podem se defender é monstruoso!

Parabéns por dizeres tanto, com tão poucas palavras, amiga!

Belíssima participação
que agradeço de coração,


bjs,

Victor Gil disse...

Nos olhos trago os gemidos,
de uma criança ao nascer
e a força dos destruídos,
nos meus braços a crescer.

Para todas as mulheres livres, para que não haja crianças como estas.
Neste Dia Internacional da Mulher, um beijo de um homem livre.

Valdeir Almeida disse...

Olha, qualquer exclusão é crueldade. Mas quando se trata de criança a revolta é ainda maior. Fico angustiado com isso.

BC disse...

Palavras poucas que tanto dizem!!!
Beijo
Isabel

Christi... disse...

Nossa, como a imagem grita ao nosso peito, que emocionante e aterrorizante ver essa foto, com a imagem infeliz de tantos cantos do nosso país, que usam, as crianças, de forma desumana.
Sem comentários

Bjs,
Chris

Cris Animal disse...

Ah, meu Deus!
Como é triste a nossa história. A história de tantos países miseráveis que fazem de suas crianças depositos de desesperanças, trocados miúdos, mundo sem amanhã....
Triste. Muito triste.
Voltando ao blog e matando a saudade dos amigos!
Beijo grande
.................Cris Animal

Agulheta disse...

Sónia! Como podem meninos deixar de sonhar,correr pelos campos atrás das borboletas,como podem os meninos deixar de ler e aprender... Eu sei,para ser escravo do senhor que tudo lhe tira até a inocência,gostei muito.
Beijinho Lisa

Fatima Cristina (www.fccdp.com) disse...

O sonho de poder brincar enquanto criança nao pode morrer por causa da necessidade da luta pela sobrevivência. Muito boa sua abordagem com foto. Tenho certeza que o processo de debate (do qual fazemos hoje parte nesta blogagem coletiva) nos trará resultados positivos de consciência social sobre o assunto. Espero ainda viver o dia em que o acesso as oportunidades da vida chegue a TODAS as pessoas, com igualdade de direitos e benefícios.
Abraços, Fatima

Philip Rangel disse...

Muitas vezes pergunto como que simples atos de verdade como foi desempenhado pela Ester, nos faz entrar nesse mundo magico de verdade; esse mundo que ao mesmo tempo falamos de algo serio, encontramos novos amigos, novos conteudos. Isso se chama mudança, isso é incluir na sociedade, mostrando o que somos capaz. E hoje ao ler seu conteudo deparo com varias suspresas como essa, que faz eu parabenizar a vc.. pelo excelente trabalho...

Continuemos....abraços

"A gente nao faz amigos, reconhece- os"
Vinicius de MOrais

nydia bonetti disse...

Depois as pessoas não compreendem o porquê de tantos corações endurecidos. Corações de pedra.
Até quando?
beijo

Marcelo Henrique disse...

Impressionante como vc trabalha com as palavras. Com poucas frases vc diz tanto.
Parabéns.
Muito bom...